Innocence Lost: Com poucos anos de estrada, conquista a mídia e fãs , nacional e internacional . / Fúria Metal Brasil entrevista a vocalista "Mari Torres"



A banda carioca  INNOCENCE LOST   com poucos anos de estrada e um único EP  lançado intitulado “HUMAN REASON”  em 2012  , conseguiu conquistar  uma grande quantidade de fãs  e um grande espaço na mídia nacional e internacional .


Confiram  essa grande entrevista com a vocalista  "MARI TORRES"  para o Blog “ Fúria Metal Brasil “.

                      Por: João Carlos / Fúria Metal Brasil
                                      Fúria Metal Brasil - Rádio



 FÚRIA METAL BRASIL - Ola Mari , tudo bem ?
  
MARI TORRES - Tudo bem, é um prazer conceder a entrevista ao  Fúria  Metal Brasil!
  
A banda  Innocence Lost  foi formada em 2007 , de quem foi a ideia  de formar a banda, e o nome  “ Innocence Lost ”  ,  já seria esse nome , ou teria outros nomes anteriores  ?

MARI TORRES - Eu e Aloysio fazíamos parte uma banda chamada ‘Avangard’, quando a banda acabou conversamos bastante sobre como seria o nosso futuro e o que queríamos colocar no próximo projeto, o Aloysio e Rodrigo eram amigos de infância, então após algumas conversas, Rodrigo também fazia parte da banda, algum tempo depois, eu conheci o Juan e apresentei inicialmente o Juan tocaria teclado, pois o Aloysio já tocava guitarra,  fizemos algumas reuniões, e quando o Juan mostrou seu conhecimento e entrosamento com a guitarra, que já era o seu instrumento habitual, concordamos que ele deveria permanecer no posto (risos) e sendo assim Aloysio passou a tocar teclado e em muito pouco tempo ele acabou se apaixonando nitidamente com o instrumento, por último e após algum tempo nos reunindo sem
um baterista, nossa busca havia acabado, pois tínhamos encontrado a pessoa certa, Heron havia finalmente aceitado o convite para tocar com a gente, ele era nosso amigo (os 5 moravam próximos) e já tocava em uma banda de metal progressivo com Aloysio na época, a ‘Enigma Nocte’ , após algumas conversas Heron decidiu ser o baterista da Innocence Lost e a banda começou a dar formato e seguimento as composições.
Inicialmente o nome da banda seria Innocence Soul, mas depois de muito conversar, acabamos decidindo por Innocence Lost.

 O EP  “ Human  Reason ”  foi lançado em 2012  teria alguma demo anterior , ou  foi diretamente gravar o EP  ?

MARI TORRES - Não havia nenhum registro gravado antes do EP, as músicas vieram de um processo muito longo mesmo, pois tivemos muitas pausas e mudanças nas músicas até a gravação, o que existem são músicas que não entraram no EP, pois não condiziam com a proposta do Human Reason.

 Antes de formar a  banda Innocence Lost vc já teria participado de outras bandas como vocalista ?  E qual foi a sua segurança e da banda para gravar esse EP , esteve algum produtor para dar algumas dicas  ?

MARI TORRES - Sim, eu já havia tocado em outras bandas, mas todas covers, nenhuma com projeto autoral.
O Human Reason foi gravado com a produção independente feita toda pela banda, no estúdio de gravação, eu tive grande ajuda dos produtores musicais, Rômulo e Murilo Pirozzi, do Pirozzi Estúdio, aqui no Rio de Janeiro, onde muitas bandas cariocas já passaram como Dark Tower, Ágona e Revengin

Já passaram outros músicos pela banda , ou sempre foi essa formação atual  ?

MARI TORRES - A formação nunca foi mudada e prezamos muito isso, acreditamos que pra haver o entrosamento entre a banda em primeiro lugar precisamos ser amigos e o fato de estarmos todos esses anos juntos, é muito bom.

 O trabalho do Ep , a arte final da  capa , encarte  e musicas ( letras ) é de toda banda , ou existe um carro chefe  dentro da banda ?
MARI TORRES - A arte da capa e encarte foi ideia do nosso designer em quem confiamos muito, o Raphael Gabrio, que já fez capas de grandes bandas como Kreator, Dying Fetus e Suicide Silence.
As letras são dividas algumas minhas, outras do Rodrigo e a Falling Down foi toda feita pelo Aloysio e os vocais com alguns arranjos feitos por mim na melodia. Procuramos dividir a criação entre a banda de modo que todos participem ativamente, nada é feito sem democracia.

 O Ep ” Human Reason ”  foi bem aceito na mídia nacional e internacional , a banda já esta se preparando para lançar o CD  este ano ?

MARI TORRES - Atualmente estamos compondo as músicas do próximo álbum, mas com muita cautela, não estamos com pressa, estamos preocupados em melhorar a qualidade da produção, sem preocupação com o tempo de lançamento, portanto prezando por essa qualidade, não será gravado este ano, sem previsão de lançamento, em paralelo ainda temos alguns projetos que completam Human Reason, e não estamos fora do palco nesse período.

 Toda banda que lança um CD , o sonho é fazer uma turnê internacional , a banda lançando o cd  estaria preparada para uma turnê internacional , com documentação e um ótimo merchan , para a distribuição de seu material la fora ?

MARI TORRES - Quando for lançado o Full Length, nós temos essa pretensão.

 Antigamente, vamos falar  da década de 80 , uma banda para ser conhecida no mercado  ROCK & METAL   era muito complicado , o público tinha que ficar ligado em zines , programas de rádio e programas de TV especializado em metal , e mesmo com varias bandas no cenário os shows estavam sempre lotados, hoje com toda essa tecnologia em mídia e equipamentos de som  que é fácil divulgar uma banda e gravar um disco ,mas  muitos shows com  ótimas bandas  estão com pouco publico . Na sua visão geral , o que esta faltando para o publico comparecer mais aos shows  de bandas nacionais e ate mesmo de bandas internacionais  ?

MARI TORRES - As vezes percebemos que as pessoas parecem prestar mais atenção e se interessar a ponto de ir ao show, das bandas que tem ‘status’, ou seja que são mais famosas, o problema não seria o trabalho da banda ser bom ou ruim, aparentemente só conquista um grande público para ir em show se houver alguma publicidade grande em torno dela, que gere fama suficiente e  faça as pessoas saírem de casa pra ir até o show.

 Novidades para esse ano ?

MARI TORRES - Alguns projetos envolvendo clipes, ainda não podemos falar muita coisa, mas está em andamento e vai ser muito legal!

 Finalizando , muito obrigado por ceder essa entrevista , sucesso para vcs  , forte abraço  !
O espaço é seu para seus agradecimentos   aos que apoiam  a cena , aos fãs , ao publico .

MARI TORRES - Agradecemos imensamente o grande apoio da Fúria Metal Brasil, que tem como idealizador João Carlos e a todos os fãs que nos acompanham desde o início, sem vocês não chegaríamos a lugar algum!
Continuem acompanhando a Innocence Lost nas nossas páginas oficiais:


Nenhum comentário:

Postar um comentário